top of page

a louca produção de oleos essenciais em grande escala!

Como afecta o planeta e a nossa conexão espiritual com as plantas!


A produção de óleos essenciais é uma prática que tem ganhado cada vez mais popularidade devido aos seus diversos usos e benefícios terapêuticos. No entanto, é importante destacar que a produção em grande escala desses óleos pode ter consequências negativas significativas para o meio ambiente e interferir na forma espiritual de contato com as plantas.


Um dos principais problemas associados à produção de óleos essenciais é o impacto ambiental causado pela agricultura intensiva. Para obter esses óleos, muitas plantas precisam ser cultivadas em grande quantidade e, muitas vezes, de forma monocultural. Isso leva à degradação do solo, perda de biodiversidade e ao esgotamento dos recursos naturais.


Além disso, o uso de pesticidas e fertilizantes químicos na produção intensiva contamina o solo, a água e afetar negativamente a saúde dos ecossistemas e claro a nossa saude!



Outro aspecto importante é o processo de extração dos óleos essenciais. Muitos métodos de extração envolvem o uso de solventes químicos e altas temperaturas, o que pode resultar em emissões tóxicas e poluição do ar. Além disso, algumas plantas requerem uma quantidade enorme de matéria-prima para produzir pequenas

quantidades de óleo essencial, o que intensifica ainda mais o impacto ambiental da produção.






Do ponto de vista espiritual, a produção em larga escala de óleos essenciais interfere na forma como nos relacionamos com as plantas e com a natureza como um todo.


A extração industrial dos óleos essenciais muitas vezes envolve processos que são distantes da conexão íntima e reverente que muitas tradições espirituais têm com as plantas.


O contato directo com as plantas, a colheita consciente e a preparação artesanal dos óleos essenciais são práticas que são perdidas nesse contexto industrial.


É importante ressaltar que nem toda a produção de óleos essenciais é insustentável ou prejudicial. Existem produtores que adoptam práticas ecológicas, como o cultivo orgânico, a colheita sustentável e métodos de extração menos impactantes. Além disso, é possível buscar alternativas mais naturais, como a utilização de plantas frescas ou secas para fazer infusões, macerações ou óleos essenciais caseiros.


Para preservar a natureza e manter uma conexão espiritual saudável com as plantas, é essencial conscientizar-se sobre a origem dos óleos essenciais que consumimos.


Optar por produtos de fontes sustentáveis, apoiar produtores locais e priorizar métodos de extração naturais e conscientes são passos importantes que podemos tomar para minimizar os impactos negativos da produção de óleos essenciais.


Em última análise, é fundamental equilibrar as nossas necessidades terapêuticas e espirituais com a preservação do meio ambiente e o respeito pela natureza. Não existe espiritualidade sem ecologia.



Assim, podemos desfrutar dos benefícios dos óleos essenciais de forma consciente, promovendo a sustentabilidade e mantendo uma conexão autêntica com as plantas e com o planeta.


Teresa Feijó




133 visualizações

Kommentarer


bottom of page